HISTÓRIA FAMILIAR INSPIRA JOSUÉ ROUPINHA DE VALINHOS A LANÇAR LIVRO “LEMBRA, PRETO?”

O professor, escritor, jornalista e idealizador da 1º Marcha Zumbi dos Palmares, em Valinhos, Josué Roupinha Júnior, lançou nesta quinta-feira, dia 19, o livro “Lembra, Preto?”. A obra é composta de poemas e poesias que resgatam a ancestralidade africana e a representatividade e o protagonismo do negro na sociedade valinhense.
 
Em entrevista ao Jornal de Valinhos o escritor contou que teve como inspiração para o livro a própria família por parte de mãe, Santos Antônio.
 
Para Roupinha, cada um dos seus familiares tem uma representatividade marcante. “A minha avó, conhecida por dona Joanna, que faleceu aos 86 anos, é para mim a raiz de tudo. Creio que ela é uma ancestral que mantém nossa família de pé”, contou o filho da professora Janete dos Santos Antônio Roupinha, que é a filha caçula de dona Joanna e José Antônio.
 
Sobre a mãe, de 64 anos, o escritor disse que a professora Janete, é como o trecho da música de Jéssica Gaspar, que diz “Deus é uma mulher preta e, por natureza, sei que vou sobreviver. Benção minha mãe para lutar e escreviver”.
 
“Já para minha tia, Laís Helena Antônio dos Santos Aloíse, atribuo as palavras coragem e luta. Ela foi a primeira vereadora mulher e negra eleita em Valinhos. Professora aposentada, Laís também foi a primeira mulher a ocupar o cargo de vice-prefeita no município”, enfatizou o escritor, ao acrescentar que ela foi a idealizadora da Lei Municipal que instituiu o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.
 
Já sobre a tia Dirce Antônio, que faleceu aos 66 anos, Roupinha disse que a considerava como sua segunda mãe. “Ela foi uma mulher negra que lutou pela educação e sempre valorizou e incentivou o negro a ocupar todos os espaços na sociedade”, relatou. Em relação à tia, Maria Elisabete, que também é professora, ele tem como referencial, a sensibilidade, o cuidado e a resiliência.
 
“Em meu livro cito ainda outros familiares. Como minha prima e professora de música, Natália Antônio (em memória), e meus tios Carlos e Samuel, conhecido como Bié”, complementou Roupinha, ao comentar, que seu tio Carlos, representa a integridade e vitalidade, e o tio Bié, é referência na música e no Carnaval.
Cada um dos seus familiares tem uma representatividade marcante

 

NOTÍCIAS

QUASE 1.000 CASOS DE DENGUE SÃO CONFIRMADOS EM VALINHOS NESTE ANO

QUASE 1.000 CASOS DE DENGUE SÃO CONFIRMADOS EM VALINHOS NESTE ANO

INSCRIÇÕES PARA O VESTIBULAR DA FATEC CAMPINAS TERMINAM NESTA 5ª

INSCRIÇÕES PARA O VESTIBULAR DA FATEC CAMPINAS TERMINAM NESTA 5ª

21 MIL PROCEDIMENTOS DE SAÚDE SÃO REALIZADOS EM VALINHOS POR MEIO DE CONSÓRCIO

21 MIL PROCEDIMENTOS DE SAÚDE SÃO REALIZADOS EM VALINHOS POR MEIO DE CONSÓRCIO

CÂMERAS SÃO RECUPERADAS PARA INTEGRAR NOVO SISTEMA DE MONITORAMENTO DE VALINHOS

CÂMERAS SÃO RECUPERADAS PARA INTEGRAR NOVO SISTEMA DE MONITORAMENTO DE VALINHOS

OFICINAS DE PALHAÇARIA E MALABARISMO TÊM INSCRIÇÕES ABERTAS EM VALINHOS

OFICINAS DE PALHAÇARIA E MALABARISMO TÊM INSCRIÇÕES ABERTAS EM VALINHOS

Maria Aparecida Ferragute Tuccillo era carinhosamente chamada de Dona Cida ou Tutila

FALECIMENTO: MARIA AP. FERRAGUTE TUCILLO

Toda a verba arrecadada com a ação será destinada as atividades promovidas pelo grupo

ONG ACES DE VALINHOS REALIZA FESTIVAL DE CALDOS NESTE SÁBADO

Administradora Maria Rita Castellani

MORADORA DE VALINHOS SUPERA CÂNCER E INAUGURA CLÍNICA DE ESTÉTICA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima